periodontia

Qual a importância da periodontia para a odontologia?

A periodontia é uma área da odontologia voltada para o diagnóstico, a prevenção e o tratamento da periodontite. Uma doença infecciosa e bacteriana também conhecida por gengivite, que atinge os tecidos de sustentação e proteção dos dentes.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 90% da população mundial é afetada pela doença periodontal. Tornando-a uma das principais causas de perda da sustentação dos dentes.

Com essas informações, já podemos ver que a periodontia é bem importante, certo? Acompanhe este blog para saber mais!

Estágios das doenças periodontais

As doenças periodontais afetam pacientes de diferentes maneiras, mas são sempre causadas em razão do acúmulo de bactérias na boca, pela falta de uma boa higiene bucal. A inflamação sempre começa afetando o tecido gengival, mas pode avançar por três diferentes estágios de gravidade caso não seja devidamente tratada. Vejamos cada um deles:

  • 1 – Gengivite: inflamação na região da gengiva marginal;
  • 2 – Periodontite: inflamação nos tecidos, ligamentos e ossos que envolvem e sustentam os dentes;
  • 3 – Periodontite avançada: inflamação mais grave, que atinge as gengivas e pode levar ao comprometimento do osso alveolar.

O agravamento do problema, como já sabemos, pode provocar a destruição da sustentação dos dentes. Para evitar isso, a Periodontia é essencial.

Sintomas

Vejamos agora, rapidamente, como os sintomas dessa doença podem se apresentar ao seus pacientes:

  • Maior sensibilidade nos dentes;
  • Amolecimento dos dentes decorrente da concentração de tártaro e placa bacteriana;
  • Dor tanto nos dentes quanto na gengiva;
  • Sensação de dentes mais alongados causada pela retração gengival;
  • Mudança no paladar;
  • Formação de bolsas periodontais;
  • Mau hálito contínuo.

A importância da Periodontia para a saúde geral do paciente

Além dos problemas na região da boca, as doenças periodontais também podem resultar em complicações mais sérias quando não são tratadas.

A periodontite aumenta, por exemplo, o risco para o surgimento de doenças cardiovasculares, tais como a endocardite infecciosa ou o infarto. O motivo para isso acontecer é que as bactérias presentes na boca, decorrentes do processo infecto-inflamatório da periodontite, podem adentrar a corrente sanguínea.

No caso das grávidas, porém, os riscos são ainda maiores. A periodontite é um dos fatores que podem levar também ao nascimento precoce do bebê. Isso porque a contração uterina é induzida por processos inflamatórios.

Além disso, existem também boas notícias: tratar a periodontite é benéfico para quem tem diabetes, já que a Periodontia ajuda a controlar a glicemia. Contribuindo, portanto, com o tratamento da doença.

Periodontia: tratamentos

O tratamento da periodontite compreende a raspagem supragengival em casos menos graves. Em um estágio mais avançado, porém, a raspagem é feita acompanhada do alisamento radicular. Nos casos mais graves, os instrumentos utilizados para a raspagem não são capazes de alcançar a região afetada. Por isso é necessário realizar cirurgia.

Todos esses motivos são mais do que suficientes para mostrar a importância da Periodontia. Mas o ideal mesmo é prevenir. É fundamental conscientizar pacientes a esse respeito, sempre reforçando quais são os cuidados básicos e indispensáveis para manter a higiene bucal em dia! Até porque os estágios mais avançados exigem um tratamento mais demorado, e ele não vai querer passar por isso.

Gostou do blog? Clique aqui e confira outros blogs cheios de informações para você! A OdontoMaster, além de fornecer os melhores produtos para dentistas de todo o Brasil, também se preocupa em compartilhar conhecimentos variados e valiosos para a prática profissional!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.